Esta é uma ideia para responder um problema: como jogadores podem criar um mistério e resolve-lo, e fazer cada partida ser diferente?

Sendo um jogo para vários jogadores, um é o criminoso. Então, antes de todos começarem o jogo, o criminoso, e o “mestre” do jogo – infelizmente um dos jogadores não será um personagem, mas irá agir para garantir que as regras estão sendo seguidas – farão suas próprias ações.

O criminoso escolhe um crime para fazer, cada um com uma quantia específica de “Pontos de Ação”, que pode ser discutida com outros jogadores: se querem mais desafios, o criminoso pode ter mais pontos, se não o criminoso usará apenas o que tem direito.

Cada ação, de correr, limpar evidencias e até mesmo fingir um acidente tiram pontos do criminoso: se ele tem 10 Pontos de Ação, limpar suas digitais pode custar 02 Pontos de Ação, enquanto roubar um carro com segurança tomar 04 Pontos de Ação, mas roubá-lo rapidamente e sem cuidado apenas 02 Pontos de Ação. Claro, há a necessidade de balancear tudo, mas a ideia é que o criminoso seja capaz de realmente pensar em um plano para poder sair da cidade.

Os investigadores também tem pontos, mas com uma diferença: o Criminoso começa com uma quantidade certa de pontos, e quando eles acabam ele ganha apenas pequenas quantidades, o suficiente para andarem por ai. Os Investigadores, porém, começam com poucos pontos, mas ganham mais rapidamente que o Criminoso, então ambos devem usar estratégias diferentes: o Criminoso deve usar o fato que tem mais pontos para sair da cena antes dos Investigadores conseguirem provas, enquanto os Investigadores podem bloquear ruas quando tem provas o suficiente.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *