Este jogo deve ser jogado com Oculus Rift, sobre alguém jogando em seu computador. Como é uma parte importante do jogo, que o jogador seja o jogador, deve haver algum modo de impedir o jogador de ver o personagem: talvez o personagem seja um android sem gênero, ou está coberto…

Você joga um único jogo, no computador em frente ao personagem. Nada fora do comum, talvez jogos antigos, clássicos, talvez algumas vezes interrompidos por mensagens de seus contatos.

Então você recebe uma mensagem, que alguém está em sua casa, mas não irão ameaçá-lo, se seguir uma regra: continue jogando e conversando com seus amigos. Se o fizer, deixarão a casa e poderão talvez até partilhar o lucro.

A primeira parte é eles tentando mexerem contigo, para poderem machucá-lo como quiserem. Você está jogando, e ouvindo barulhos. Armas sendo preparadas, músicas ritualísticas, passos em sua casa… e eles se aproximam. Você veja, talvez, vislumbres no monitor: mascarados, e capaz de matá-lo. Eles podem se aproximar, com machetes, tentando fazê-lo olhar para trás. É tudo que precisam, que você olhe para trás e poderão matá-lo como quiserem.

Supondo que sobreviveu, alguns deixam a casa, e voltam com outra pessoa. E então os sons são assustadores: gritos de dor, sangue derramado, e você ainda deve olhar o computador, jogando e conversando com amigos. Com alguém morrendo em sua casa, com assassinos em sua casa, e sabendo que, se arriscar olhar para trás, você será o próximo.

Esta experiência é mais próxima do suspense que o terror: idealmente você ouve tudo, mas assim que não conseguir aguentar a curiosidade e olhar para trás, tentando descobrir o que está acontecendo, o jogo acaba.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *