Eu considero este jogo tanto um jogo para computadores ou celulares, mas como parte de uma coletânea de vários pequenos jogos.

O jogador assume o papel de Jane, que foi atacada por uma criatura das águas, e decidiu matar todas elas, usando um sistema de RPG, onde você vê seu nível, o nível de seus inimigos, pode aprender habilidades, e você deve usá-las: você tem apenas uma vida para destruir todas as criaturas, durante todo o jogo.

O jogador, no melhor caso, sempre estará treinando, mas nunca entrará na água: as criaturas sempre serão de nível maior que o do jogador, então é óbvio que ele irá perder. A ideia é que o jogador está com medo, assim como o personagem, e assim que entrar na água o jogo acaba, revelando a “trama de verdade”: a personagem quase se afogou quando era criança ela quase se afogou, e desenvolveu hidrofobia. Decidiu então que ia melhorar sua condição, então sempre quis entrar no mar, mas nunca conseguiu. Quando o jogador decide enfrentar as criaturas, é uma representação de que ela encontrou a coragem para dar esse primeiro passo, de entrar no mar novamente.

 

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *