Este projeto foi desenvolvido para um Game Design Challenge, sobre usar um emprego como base para um jogo. Decidi usar o Perito Grafotécnico como meu conceito, e  aqui está o link para o original.

Como dito anteriormente, minha escolha é o perito grafotécnico. Para aqueles que nunca se perguntaram o que é isso, a resposta é simples: este profissional analisa e compara assinaturas, por exemplo, e determina se são autênticas ou não. Ou talvez a assinatura seja autêntica, mas o documento é falso. O que é importante é o material que você recebe. Você pode fazer a análise com documentos antigos, mas o ideal é que o Perito esteja com o suposto autor durante a colega de assinaturas.

Este é o jogo, e ele é dividido em algumas partes. Primeiro, você tem a parte mais básica, a coleta de assinaturas. É importante que o autor esteja confortável e se sentindo bem, mas é importante ver como ele escreve se está nervoso, afinal, quem sabe como “ele” assinou o documento? E se ele está tentando escrever melhor que o normal? Cabe a você controlar o fluxo do processo. No começo, você pode ter uma abordagem mais amigável. Quando você tem 10 assinaturas, você pode mudar para uma abordagem mais provocativa, e a assinatura pode mudar um pouco.

A próxima parte, é claro, é a análise em si. Você pode escolher vários itens para ajudá-lo. Por exemplo, sem nenhum acessório, você pode comparar a força do punho – algumas pessoas escrevem com muita força na caneta, e alguns sem força alguma. Com um microscópio, por outro lado, você pode ver pequenos detalhes, ou se houve pausas durante a escrita. Se você usa um microscópio com luzes ultra-violeta, você pode ser capaz de ver a cor exata da tinta.

Então, você descobriu que a assinatura é falsa. Em alguns casos, para adicionar um “tempero” ao jogo, você pode receber uma oferta. Se você dizer que a assinatura é legítima, você receberá dinheiro. Caso contrário, nada acontece. É também nesta parte, a escrita do laudo técnico, que você seleciona opções para descrever o processo e suas descobertas. Se o juiz está satisfeito, este é o fim,  com você recebendo uma nota sobre como tudo aconteceu.

Mas e se você não o fez? Se você falhou você deve ir a corte, como especialista, e explicar o processo, respondendo aos advogados. Você deve decidir como responder, prestando atenção à detalhes como “Você sabia que John Doe perdeu parte dos movimentos da mão antes da assinatura original?” Este é um exepmlo de como você pode falhar se você não conseguiu amostras antes da assinatura, para ser capaz de compará-la com a suspeita e a mais recente. Afinal, se você escreve de certa maneira, perdeu parte dos movimentos da mão, e continua capaz de escrever da mesma maneira, algo está errado.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *