Novamente, um trabalho feito para um Game Design Challenge, sobre “Fazer Mpas”. O original está aqui.

A ideia do jogo é ser o suporte de um esquadrão da polícia. Ao invés de atirar e dirigir pela cidade procurando problemas, você é aquele que analisa mapas e informações, dando ao seu time ordens como “Vocês dois vão lá e descubram o que eles sabem, e você vai na casa da vítima descobrir porque ele sofria”.

Dizendo isso, posso começar a explicar as mecânicas centrais do jogo. O jogador estará, basicamente, na “Tela Central”. Esta tela serve para manter os registros de sua tarefa. No seu primeiro caso, por exemplo, a Tela Central terá um mapa, e quando descobrir que há uma testemunha, a Tela será atualizada com uma breve descrição de seu relatório. Mas o recurso mais importante é o Mapa.

O Mapa, é claro, é o mapa da cidade, e no começo de cada caso ele possui apenas uma indicação de onde o crime aconteceu. Quanto mais você progride, mais pontos são marcados: se você descobriu a casa do suposto assassino, a casa será marcada no mapa. Se você encontrou a arma do crime, a localização também estará marcada. E é pelo Mapa que você interage com o seu time.

O aspecto de fazer mapas do jogo é baseado na investigação “de verdade”. Quando você está montando seu caso, você deve provar que sua solução é possível. Então quando você está fazendo suas preparações finais, você deve usar todas as suas provas e informações para indicar onde o crime aconteceu, se o criminoso teve tempo de jogar sua arma ou descartar seu veículo. Afinal, se a linha do tempo não se completa, há algo realmente errado e você pode ter prendido o suspeito errado, e falhar na sua missão.

Mas onde está a dificuldade nisso? Simples: você não pode fazer essas ações para sempre. Há um limite de dias, e cada ação possui um certo custo. A análise de alguma coisa pode levar dias, mas interrogar uma testemunha apenas algumas horas. Nas situações comuns, você tem crimes básicos, ou pode não precisar gastar tempo com a arma do crime pois ela pode ser facilmente reconhecida por alguém. E não é apenas o tempo o único fator que influencia o jogo, mas também o fator da mídia. Se você está perseguindo um assassino em série, a mídia estará te pressionando, e por ela fazer isso você precisa mostrar que está tendo progressos.

Se você encontrou a arma, você poder dar ela para a mídia, mas ao mesmo tempo seu assassino estará mais focado, e você terá menos tempo para encontrá-lo e menos evidência em futuros assassinatos. Neste momento você tem algumas opções, como investigar apenas as evidências mais importantes, ou tentar terminar o caso com as evidências que você já coletou.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *